Por Fabiane

A Escrava Isaura – Bernardo Guimarães

O livro narra a vida de Isaura, escrava branca, muito formosa, educada, da cor do marfim.
Sua vida sempre foi diferenciada das outras escravas da fazenda, visto que foi “adotada” pela esposa do fazendeiro, Comendador Almeida. Sempre foi educada nas mais diversas artes, música, piano, bem letrada e de índole muito boa. Ouvia sempre a promessa de que seria libertada, porém, com a morte de sua Senhora, isto não se concretizou. Comendador Almeida tinha um filho, Leôncio, que sempre foi muito mimado e nunca houve alguém capaz de contrariá-lo. É casado com Malvina, que não percebe o caráter do marido e por ele nutre profundo afeto. Leôncio sente por Isaura um amor cego e violento.

O livro inteiro narra  à perseguição de Leôncio por Isaura, das mais diferentes formas, através de adulação, regalias, ameaças e por fim ele a coloca presa num paiol, presa e com a ameaça que só a tirará de lá quando ela se curvar aos seus desejos.
Seu pai, que não vê outra maneira de ajuda -lá propõe que os dois fujam. Eles empreendem fuga arriscada, que se torna bem sucedida e vão para Recife – a linda Veneza Americana.  Lá se recolhem em uma casa retirada, e tentam viver na normalidade. Por acaso do destino é descoberta por Álvaro, um rico homem que se encanta com Isaura. Depois de muita conversa e de tempo para Isaura e seu pai sentirem se seguros, eles decidem aceitar convite parta participar de um baile onde a sociedade Recifense estaria toda presente. Claro que Isaura mais uma vez encantou a todos, com sua beleza, simpatia e singularidade. Mas o baile não termina bem , pois Isaura é reconhecida por um Sr que está atrás da recompensa oferecida a quem desse noticias da escrava fugida.  
Isaura volta para a fazenda de Leôncio e recomeçam as perseguições. Leôncio a pedido de Malvina, decide casar Isaura com o jardineiro da casa, um ser de aparência estranha e também  caído de amores por ela.
Quando Isaura não vê mais saída , aparece Álvaro, o moço que roubou seu coração e noticía a todos que é o novo proprietário da fazenda e de todos os bens de Leôncio  - que através de maus negócios , colocou todos os seus negócios a perder . Leôncio num acesso de fúria,  se retira para a biblioteca e se mata com um tiro.

De todos os livros do Desafio este foi o que achei mais difícil de ler. Por sua escrita rebuscada e por ser um livro que já virou novela, sempre estava visualizando Lucélia Santos como Isaura...hehehehehe. Mas de qualquer forma foi válido e serviu como aprendizado.


3 Comments

  1. É...quando se trata desse livro, Lucélia Santos me vem de pronto à mente. Taí, um livro que gostaria muito de ler. Bjs

    ResponderExcluir
  2. Eu tambe'm tenho muita vontade de ler este livro. A novela foi muito marcante. Parabens pela bela resenha. Beijos

    ResponderExcluir
  3. Legaal fooi been util paara miin hushhusuhshs , mais ooo resuumo ta faltando algumas palavrinhas ashuuahsuhuha ! beeijuuh !

    ResponderExcluir